CARTHUSIA_LOGO

O mito da Ilha de Capri

A lenda conta que, em 1380, o pai prior do Mosteiro Cartuxo de Santiago, apanhado de surpresa pela notícia da vinda da Rainha Joana de Anjou a Capri, colheu um ramo das mais belas flores da ilha; estas permaneceram na mesma água durante três dias e, ao ir deitá-las fora, o prior notou que tinha adquirido uma misteriosa fragrância desconhecida para ele. Assim, recorreu ao frade especializado em alquimia, que traçou a origem do aroma até ao “Garofilium Silvestre Caprese”. Essa água foi o primeiro perfume de Capri.

A história conta que em 1948 o Prior da “Charterhouse” encontrou as antigas fórmulas de perfume e, com a permissão do Papa, revelou-as a um químico do Piemonte no Norte de Itália, e assim criou o mais pequeno laboratório de perfumes do mundo, chamando-lhe “Carthusia”, ou seja, “Charterhouse”.

Hoje a Carthusia pôs em prática os seus conhecimentos centenários a fim de desenvolver uma cultura de perfume única no mundo. Ao longo dos anos, aperfeiçoou o seu domínio sobre o sentido olfactivo, aperfeiçoando e estruturando a sua compreensão das essências, a fim de conceder àqueles que escolhem as suas fragrâncias as emoções mais puras e mais intensas. Actualmente, como no passado, todas as fases de produção são levadas a cabo pelas mãos para garantir a aplicação precisa dos métodos naturais envolvidos e o precioso cuidado do artesanato tradicional.

A marca Carthusia evoca o mito da Ilha de Capri, a beleza das suas costas e o aroma extraordinário da sua flora.

Ammare_Carthusia_5TH_web
carthusia-mediterraneo-5thessencesquare